Artigos e Notícias

Conheça o Oracle Manufacturing Cloud

Por Equipe Ninecon

O Oracle Manufacturing Cloud fornece os principais recursos para gestão das atividades de fabricação na nuvem, permitindo a você configurar, gerenciar, executar, custear com eficiência suas operações de produção. Ele também complementa o Oracle Supply Chain Management Cloud, fornecendo uma solução completa da cadeia de suprimentos.

Além disso, permite projetar o processo de fabricação de seus itens, ajudando a estabelecer padrões de processo com um modelo de dados padronizado para operações de produção, que poderá ser adaptado aos seus fluxos de negócios e condições de mercado como calendário de fabricação, parâmetros da planta, opções de perfil, áreas de trabalho, recursos de produção, centros de trabalho e operações padrão.

Com o Oracle Manufacturing, também conseguimos criar uma sequência de operações e identificar como cada operação é executada com o uso de uma ferramenta avançada de edição gráfica e visualização de dados. É como se você estivesse assistindo o processo de fabricação a partir da própria nuvem!

Mantenha-se conectado com os principais interessados no gerenciamento de definições de trabalho e colabore em tempo real com equipes multifuncionais, aproveitando o poder da colaboração social nas operações de fabricação por meio do Oracle Social Network. Agora, sua equipe não precisa se limitar a um único local.

Outra excelente funcionalidade é o Oracle Transactional Business Intelligence (OTBI), que oferece uma gama de relatórios com informações que permitem a análise do desempenho da produção em tempo real. Além disso você pode acessar  os infolets e dashboards de qualquer lugar, como por exemplo, ordens de trabalho, retrabalho, exceções em aberto e operações agendadas vs reais.

Você pode encontrar mais informações no site da Oracle, em inglês, clicando aqui.

A Ninecon decidiu abordar, de forma simples e rápida, dúvidas básicas sobre as tecnologias com as quais trabalhamos. Nosso objetivo consiste em avançar rumo a um entendimento comum sobre essas soluções, afinal, todos possuem direito a informação!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu